sábado, 24 de dezembro de 2011

ITINERÁRIO POESIARTE - PARTE 08

RODRIGO POETA
NO ATIVISMO CULTURAL

*17/09/07 - Vinda do poeta Joaquim Moncks (Presidente da Casa do Poeta do Brasil) a cidade de Cabo Frio/RJ, através do poeta. Encontros culturais na Casa dos 500 anos e na Adega Galiotto.

*Na foto: Rodrigo Poeta, Joaquim Moncks 
(Presidente da Casa do Poeta do Brasil),
Ernesto Galiotto (Membro da Academia Cabo-friense de Letras),
Fabio Emecê e o jornalista Thiago Freitas.

*18/09/07 - Encontro poético com o poeta Paulo da Silveira, Joaquim Moncks e Rodrigo Poeta na Pousada Água Marinho em Cabo Frio/RJ.

*Na foto: Rodrigo Poeta, Joaquim Moncks
e Paulo da Silveira.

TRILHANDO NO CAMINHO DAS ANTOLOGIAS

*20/09/07 - Participa da ANTOLOGIA DELICATTA II com as poesias "DEMOCRACIA E OUTRAS PALAVRAS..." e "A INVEJA PARNASIANA" organizada por Luiza Moreira de São Paulo/SP.

*Capa da  ANTOLOGIA
DELICATTA II.

*Setembro de 2007 - É jurado do IIº CONCURSO DE PRIMAVERA DA COMUNIDADE DO ORKUT À FLOR DA PELE da poetisa gaúcha Sonia Ferraresi Porto.


NA ROTA DAS RODAS DE POESIA

*25/09/07 - Participa da roda de poesia do GRUPO P.R.O.C.E.S.S.O DE POESIA no Espaço Cultural do Jardim Esperança.
- Presença dos seguintes poetas: Flavio Pettinichi (TRIBAL), André Amaral (TRIBAL), Fabio Emecê, Jullyet Souza, Diogo Cordeiro, Alex Feitosa, Rodrigo Poeta, Vinicius Silva, Jonathan Paredes e Paulo.


*Na foto: Jonathan Paredes, Jullyet Souza, Fabio Emecê,
Alex Feitosa, Diogo Cordeiro, Flavio Pettinichi, Paulo
e Rodrigo Poeta.

*Na foto: Jonathan Paredes e 
Flavio Pettinichi (poeta convidado pelo grupo).

*09/10/07 - Participa da roda de poesia do GRUPO P.R.O.C.E.S.S.O DE POESIA no Espaço Cultural do Jardim Esperança.

- Presença dos seguintes poetas: Bárbara Flow (TRIBAL), Alex Feitosa, Jonathan Paredes, Diogo Cordeiro, Rodrigo Poeta e Vinicius Silva.

*Na foto: Alex Feitosa, Diogo Cordeiro,
Rodrigo Poeta, Jonathan Paredes,
Vinicius Silva e Bárbara Flow.

domingo, 13 de novembro de 2011

ITINERÁRIO POESIARTE - PARTE 07


RODRIGO POETA AO SUL

*Junho de 2007 - Entrevista feita com o poeta Joaquim Moncks é publicada na Revista Caosótica do Rio Grande do Sul. A Caosótica é uma revista de Letras - Artes - Ciências de grande prestígio no Sul do país. (Caosótica - Ano III - número 10 - abril - maio - junho de 2007)



*Julho de 2007 - É publicada a poesia de sua autoria "Manifesto Poesiarte" pelo Jornal O Popular de Iguaba Grande/RJ.

*05/08/07 - No blog da poetisa Sandra Almeida o poema Chora Chorinho de sua autoria.

*07/08/07 - É feita uma matéria sobre o poeta para o blog Espaço Aberto: Conexão Poesia da poetisa gaúcha Sonia Ferraresi Porto.


*10/08/07 - É publicado o artigo de sua autoria  "Pobre e poucas ovelhas da educação" pelo Jornal O Popular de Iguaba Grande/RJ.


*Setembro de 2007 - É publicada a poesia  de sua autoria "Sintra de Portugal" pelo Jornal Lagos da Região dos Lagos/RJ com sede em Cabo Frio/RJ.



NASCE O CONCURSO POESIARTE

*16/08/07 - Divulga na Lagos TV no Programa Cartão Vermelho o Iº CONCURSO POESIARTE de âmbito nacional com apoio do Jornal O Popular de Iguaba Grande/RJ.

*Rodrigo Poeta e o apresentador Álex Garcia
do Programa Cartão Vermelho da Lagos TV.


ONOMATOPAICOS NA TRILHA DA POESIA

*21/08/07 - Nasce o GRUPO P.R.O.C.E.S.S.O DE POESIA no bairro do Jardim Esperança no Espaço Cultural do Jardim Esperança. São os fundadores: Alex Feitosa, Diogo Cordeiro, Fabio Emecê, Jullyet Souza, Vinicius Silva, Jonathan Paredes e Rodrigo Poeta.

*Desenho do GRUPÒ P.R.O.C.E.S.S.O DE POESIA
feito por Jonathan Paredes.

*Diogo Cordeiro, Alex Feitosa, Jonathan Paredes,
Rodrigo Poeta e Vinicius Silva.

*01/09/07 - É publicado no blog da poetisa Sandra Almeida a poesia de sua autoria "Manifesto Poesiarte".

sexta-feira, 7 de outubro de 2011

ITINERÁRIO POESIARTE - PARTE 06



UM POETA A SE EXPANDIR NA REDE


*24/03/07 - É publicado artigo "O pluralismo linguístico do início do século XXI" pelo Jornal O Popular de Iguaba Grande/RJ.



*2007 - São publicados os poemas "A Inveja Parnasiana" e "Apartheid Camuflado" no site: http://www.almadepoeta.com/rodrigoandrade.htm do poeta Luiz Prôa do Rio de Janeiro/RJ.






*2007 -São publicados os poemas "Sintra de Portugal", "A Inveja Parnasiana", "Ao Mar e a Pesca de Arraial do Cabo", "Chora Chorinho", "Manifesto Poesiarte", "Apartheid Camuflado" e "Lágrimas Secas" no site Crônicas Carioca do editor e poeta Franccis Lunguinho do Rio de Janeiro/RJ.








*2007 - Começa a publicar seus textos no site do Recanto das Letras no link: http://www.recantodasletras.com.br/autor.php?id=19179








*2007 - Passa a fazer parte dos POETAS DEL MUNDO, entidade com sede no Chile, tendo no site da entidade os poemas "Apartheid Camuflado", "Democracia e outras palavras..." e "Manifesto Poesiarte" publicado no link do site.





*2007 - Perfil publicado no site do Jornal da Poesia do poeta Soares Feitosa de Fortaleza/CE no link:
http://www.jornaldepoesia.jor.br/rodrigopoeta.html






*23/03/07 - A poesia "Apartheid Camuflado" é publicada na Coluna Momento Lítero Cultural do Jornal Alto Madeira de Porto Velho/RO pelo poeta Selmo Vasconcellos.



*Maio de 2007 - É publicada a poesia "Villa Cândida" pelo Jornal O Popular de Iguaba/RJ.

*08/06/07 - É publicada a poesia "Para um lavrador" pelo Jornal O Popular de Iguaba/RJ.

*14/06/07 - Participa da I Antologia Poética Virtual Momento Lítero Cultural do poeta Selmo Vasconcellos.

*16/06/07 - Conhece os poetas Artur Gomes, Flavio Pettinichi e Jiddu Saldanha no Saberes Nômades no Atelier da Aroeira em Cabo Frio/RJ.

*Jiddu Saldanha, Rodrigo Poeta e Artur Gomes.

*20/06/07 - O poeta é matéria da coluna da poetisa Doroty Dimolitsas no Jornal O Rebate de Macaé/RJ on line.


terça-feira, 9 de agosto de 2011

ITINERÁRIO POESIARTE - PARTE 05



*12/05/06 - Se torna colaborador do Jornal O Popular da Costa do Sol de Iguaba Grande/RJ.
- É publicada a poesia: "Ao Mar e a Pesca de Arraial do Cabo".
- Segue o poema na íntegra abaixo:


*Pescadores na Praia Grande. 


Ao Mar e a Pesca de Arraial do Cabo

Ò vigia do Morro do Atalaia
Que observa o mar e a praia
Todos os dias, diante de um clima
Feito entre o prazer e o da sobrevivência.

Prazer de ver os peixes ao amanhecer
Chegaram perto da praia
E de avisar aos que se encontram no mar
Entre a praia, que a pesca vai ser boa.

Sobrevivência feita entre o mar,
Onde a pesca é o alimentar
Dos pescadores homens do mar,
Que trabalham para o sustentar;

Sustentar da vida,
Diante do sol e da neblina,
Onde só a luz do farol é o seu guia,
Até ao final da boa pesca bem-vinda.

Oh! Arraial,
Que antes era uma simples vila,
Hoje graças ao mar e sua pesca triunfal
É uma cidade bem divina.

Não se pode esquecer dos bravos
Pescadores da Praia Grande cheia de amores
E também dos grandes lutadores do mar dos Anjos,
Diante do Arraial dos poetas pescadores de palavras.

(Rodrigo Octavio Pereira de Andrade)



*2006- Realiza o Iº Concurso Consciência Negra do Colégio Municipal Elza Maria Bernardo Santa Rosa.


*2006 - São publicadas na coluna Momento Lítero Cultural do poeta Selmo Vasconcellos no site: http://www.rodoniaovivo.com/ nos números 6, 29, 37, 52 e 74 os poemas: "Escola para vida"(06), "Manifesto Poesiarte" (29), "Búzios" (37), "Chora Chorinho" (52) e "Lágrimas Secas" (74).


*2006 - É publicado no blog Sonen do poeta Cássio Amaral de Araxá/MG, o poema "Chora Chorinho". 


*Orla de Iguaba Grande - foto tirada pelo celular 
de Rodrigo Poeta em 2006.

*Setembro de 2006 - É publicada a poesia "Iguaba: Flor majestosa da Região dos Lagos" no jornal O Popular da Costa do Sol de Iguaba Grande/RJ.


*09/12/06 - Participa do Sarau Periférico no Espaço Cultural do bairro Jardim Esperança em Cabo Frio/RJ. 
- Recita os poemas: "A voz da Favela" e "Apartheid Camuflado".
- Poetas presentes: Vinicius Silva, Fabio Emecê, Reinaldo Caó e Rodrigo Poeta.


*Fábio Emecê, Rodrigo Poeta, 
Vinicius Silva e Genelson Feitosa
no Sarau Periférico em 2006 no Espaço Cultural 
do bairro Jardim Esperança.

quinta-feira, 28 de julho de 2011

ITINERÁRIO POESIARTE - PARTE 04


PROJETO POESIARTE CAMINHA NA EDUCAÇÃO




*2004 - Realiza o Projeto Poesiarte com 6° ano do Centro Educacional Missão de São Pedro da Aldeia/RJ.


*2004 - Ser torna especialista em Literatura e Língua Portuguesa ao fazer Pós-Graduação na Ferlagos e escreve a monografia "Uma breve antologia poética de seis poetas desconhecidos".




*Professor Rodrigo e o aluno William
na Escola Municipal Edílson Duarte 
em Cabo Frio/RJ.

*2004 - Realiza o Projeto Poesiarte com turmas dos 6° anos e 7° anos do EJA (Educaçãode Jovens e Adultos) na Escola Municipal Professor Edílson Duarte de Cabo Frio/RJ.


NA ONDA DOS RECITAIS


*Convento de Nossa Senhora dos Anjos
em Cabo Frio/RJ.

*20/05/04 - Participa do recital no Convento de Nossa Senhora dos Anjos.
- Na manhã recita os poemas: "Cabo Frio: De Vespúcio à Victorino Carriço", "As duas faces das palavras por dois poetas", "Osama Bin Laden no Brasil" e "Chora Chorinho".
- Poetas presentes: Maurício Cardozo, Célio Mendes Guimarães, Rodrigo Poeta e José Casemiro.
- Na tarde recita os poemas: "Jogos de Azar", "Jardim Esperança", "Lixo: detritos, política, homem e natureza", "Rosa Azul", "Hino da Nação Indígena" e "Vou Pagasáda e não pra Palhaçada".
- Poetas presentes: Maurício Cardozo e Rodrigo Poeta.

*Charitas de Cabo Frio/RJ.

*20/10/04 - Recital no Charitas pelo dia do poeta. Recita os poemas: "Olhos da lamentação" e "Escutando o Silêncio".
- Poetas presentes: Maurício Cardozo e Rodrigo Poeta.


*2005 - Realiza o Projeto Culturartesperança no Colégio Municipal Professora Elza Maria Bernardo Santa Rosa de Cabo Frio/RJ.




*2005- O seu aluno Lucas Carneiro do Cenecista de São Pedro da Aldeia/RJ sua caricatura:


*Desenho feito por Lucas Carneiro.



PROJETO POESIARTE VAI PARA INTERNET


*No dia 19 de junho de 2005 nasce o blog POESIARTE e no dia 06 de agosto de 2005 nasce a COMUNIDADE POESIARTE no Orkut.


*Marcio Trindade Corrêa.


*Outubro de 2005 - É publicada a poesia "A um cidadão chamado Márcio Corrêa" pelo Lagos Jornal de Cabo Frio/RJ em homenagem ao político Márcio Trindade Corrêa, que falecera nesse ano.


*Doutor Leonardo Machado 
foi uma pessoa que acreditou 
no potencial de Rodrigo Poeta.

*01/10/05 - É publicada a poesia "Democracia e outras palavras..." pelo Jornal de Sábado de Cabo Frio/RJ com o intermédio do escritor e médico Doutor Leonardo Machado, que também veio a falecer uma semana depois da publicação do seu artigo no mesmo jornal.

-Segue abaixo o poema "Democracia e outras palavras...":


"Democracia e outras palavras..."

Ruídos, latidos, escuridão,
Assim é a imensidão do meu ser poético
Entre formigas no piso ao ver a imagem da torre de celular
A piscar no meu olhar.
Não há vento, mas sim, uma brisa a cantar
O meu pensamento.

Vozes pueris na rua, numa noite de domingo
Entre brincadeiras mil.
A imensidão me clama aos ecos
Do silêncio refletido na escuridão
Do corredor.

Parabólicas, caixas d´águas, luzes dos postes,
A temeridade à vista ao sombrio
Do tempo marcado pelo relógio da vida.

O frio entorpece a alma
Entre janelas e um céu sem estrelas,
Que marcam esta noite, em que a plenitude morcega
No pulsar do coração.

Escuto uma voz não brasileira
A gritar pela rua a palavra
Democracia com veemência
Em forte luta ou bebedeira de um frustado latino.

O funk de um carro mudou o tom
E o ritmo desta poesia, onde o poeta
Não olha para os fatos, pois só sente, escuta
E imagina através do seu olhar
 
O resplendor do ecoar do mar.



(Poeta cabo-friense Rodrigo Octavio)
Publicado no Jornal de Sábado em 01/10/05.

domingo, 17 de julho de 2011

ITINERÁRIO POESIARTE - PARTE 03


*Rodrigo Poeta na Casa dos 500 anos 
no recital pelo dia do poeta em 20/10/03.

NO CAMINHO DOS RECITAIS

*14/03/02 - Participa do recital pelo dia nacional da poesia no Largo São Benedito no bairro da Passagem em Cabo Frio/RJ. Recita os poemas de sua autoria: "Rosa Azul", "As duas faces das palavras" em dueto com o poeta Maurício Cardozo e "Osama Bin Laden no Brasil".

-Poetas presentes: Jane Lacerda, Glaucia Viera, Eraldo Maia, Yuri Vasconcellos, Maurício Cardozo e Rodrigo Poeta.

*08/6/02 - É jurado na gincana do Colégio Municipal Rui Barbosa de Cabo Frio/RJ.

*28/06/02 - Recita no Sarau Poético da Ferlagos a poesia de sua autoria: "A voz da Favela".

NASCE O PROJETO POESIARTE

*Rodrigo Poeta levando poesia na zona rural de Cabo Frio/RJ.

*29/06/02  - Inicia o Projeto Poesiarte na Escola Municipal Francisco Franco no bairro do Araçá em Cabo Frio/RJ, tendo sua culminância no dia 17/10/02.

*Rodrigo Poeta entre alunos vencedores do concurso de poesia
idealizado como culminância do projeto, funcionário da escola
e membros da Secretaria de Educação da cidade de Cabo Frio/RJ.

*19/12/02 - Se torna graduado em Letras-Literatura pela Ferlagos.

RODRIGO POETA NA TV

*Rodrigo Poeta no Programa Espaço Arte-Educação 
da Cabo Frio TV.

*03/06/03 - O poeta fala do Projeto Poesiarte realizado em 2002 na Escola Municipal Francisco Franco e também fala um pouco de si no programa Espaço Arte-Educação da Cabo Frio TV, apresentado por Guilherme Guaral.

*Rodrigo Poeta falando do Projeto Poesiarte 
no programa Espaço Arte-Educação da Cabo Frio TV,
apresentado por Guilherme Guaral em 2003.

-Recita os poemas: "Cabo Frio: De Vespúcio à Victorino Carriço" e "Viver" de Geniele dos Santos Souza, a vencedora do concurso do projeto realizado na instituição da zona rural.
-Guilherme Guaral recita o poema "Chora Chorinho" de Rodrigo Poeta.
-A entrevista foi ao ar nos dias 11/06/03 e 12/06/03 pela Cabo Frio TV.


UM MAFUÁ NO SEU CAMINHO

*27/08/03 - O poeta participa do Iº Mafuá 535 no Teatro Cacilda Santa Rosa, recitando o poema: "Lixo: detritos, política, homem e natureza ou Mafuá do verbo Mafuar".

*O escritor Antonio Paulo Terra Rucket
e Rodrigo Poeta em 2003.

*01/09/03 - No relançamento do livro "Crônicas" de Antonio Terra, José Correia, membro da Academia Cabo-friense de Letras e diretor do Jornal de Sábado, lê o poema "Villa Cândida", uma homenagem do poeta, que encantou o sobrinho de Antonio Terra, o escritor Antonio Paulo Terra Rucket.

RODRIGO POETA NA MÍDIA IMPRESSA


*13/09/03 - É publicada a poesia de sua autoria: "Cabo Frio: De Vespúcio à Victorino Carriço" pelo Jornal de Sábado de Cabo Frio/RJ.

*27/09/03 - É publicada a poesia de sua autoria: "A Inveja Parnasiana" pelo Jornal de Sábado de Cabo Frio/RJ.

*11/10/03 - São publicadas as poesias de sua autoria: "Ao Sal e ao Mar de Cabo Frio" e "O pescador ou o último caiçara de Cabo Frio" no Jornal de Sábado de Cabo Frio/RJ.

*Rodrigo Poeta recitando um de seus poemas
na Casa do 500 anos em 2003.

*20/10/03 - Participa do recital na Casa dos 500 anos pelo dia do poeta. Recita os poemas de sua autoria: "A voz da Favela", "Rosa Azul", "Osama Bin Laden no Brasil", "O Pronome de Tratamento" e "As duas faces das palavras" em dueto com o poeta Maurício Cardozo.
-Poeta presentes: Eraldo Maia, Maurício Cardozo e Rodrigo Poeta.

*25/10/03 - É publicada a poesia de sua autoria: "Manel: O barbeiro do Itajuru" pelo Jornal de Sábado de Cabo Frio/RJ.

- Segue abaixo o poema "A Inveja Parnasiana" , que foi um dos poemas publicados pelo Jornal de Sábado em 2003 e que é de autoria de Rodrigo Poeta:

A Inveja Parnasiana

Oh! Inveja da impura folha de papel,
Que imita a paixão.
Com que ele, em pó, na alta solidão,
Vira um simples pincel.

Imito todos os poetas,
Mas prefiro a mim mesmo,
Que foge da realidade dos antigos sonetos.
Oh! Papel em que escrevo!

Por isso corro, para escrever
Sobre qualquer papel
Com a caneta do saber,

Que corre e escorre como fel.

Ando pensando em imagens,
Para escrever diante das linhas,
Contra as margens
Do papel de todos os tempos.

Rasgo, quando não gosto
Da poesia mal escrita por mim
E fico triste quando não volto ao meu posto
De pensador, que sempre busca um fim.

No alto do farol daquela ilha,
Viajo nos sonhos importunos,
Que ficam com a rima
De várias noites lusíadas.

E na hora em que acordo,
Vejo o sol brilhar nos meus pensamentos,
Que viajam diante do tempo.
Oh! Formas ilustres, que mostram os conhecimentos.

Vivo de poesias da minha mente
Como vive a gaivota de peixe,
Que mostra a forma mais diferente
De deixar o poema no feixe.

E agora sai da minha mente
O lixo poético da ordem do vidente,
Que fica a borbulhar no ocidente,
Diante do espírito do oriente.

Oh! Inveja Parnasiana...
Oh! Inveja lusitania,
Que mostra a chama
Ardente do fogo, das poesias da vida...